Manifesto Instituto FUNJOR: convocação pela preservação da memória da Rádio Nacional no edifício A NOITE

Setembro 4, 2016 in Ações FUNJOR

14225428_1199525093403345_6361740599949801779_n

COMO FICA O AUDITÓRIO REFORMADO, A HISTÓRICA CABINE TELEFÔNICA DO GETÚLIO, O FAMOSO ESTÚDIO DE SONOPLASTIA DO RÁDIO TEATRO, OS DOIS PIANOS DO MAESTRO RADAMÉS E O POUCO QUE AINDA RESTA DE UM MOBILIÁRIO SIGNIFICATIVO DE NOSSA HISTÓRIA CULTURAL?…

Ontem, após lermos a nota do jornal O Globo, coluna Ancelmo Gois (4/set/2016), levantamos informações e identificamos haver indícios de que no referido edital não haja nenhum item que faça alusão a preservação do histórico patrimônio da Rádio Nacional. Uma venda que joga por terra toda a luta da nossa entidade, em 2002, junto a outros importantes parceiros e que culminou com um concurso, revitalização dos transmissores, reforma das instalações e uma garantia governamental de que o espaço do terraço seria transformado em um museu panorâmico para as futuras gerações. Abraçamos o edifício A NOITE e saímos em passeata pela Av. Rio Branco em defesa da rádio, seus funcionários e ouvintes.

Hoje, novamente percebemos que o mobiliário histórico desse importante patrimônio brasileiro está sendo tratado com descaso pelo governo. Inclusive, em um espaço da cidade no qual o Rio e seus moradores voltam a celebrar o passado, justamente na área central do Boulevard Olímpico, a importância da Rádio Nacional e o potencial turístico, artístico, cultural de um museu panorâmico no 22o. andar são deixados de lado e ignorados no processo de venda. O espaço para um pequeno museu, com a cabine telefônica, discos, o estúdio de rádio teatro original e auditório agregados como espaço cultural não poderia ser ignorado. Algo que deve ser mantido para que as novas gerações possam ter acesso ao universo de um importante período de formação da nossa cultura.

O Instituto FUNJOR lançou, no último dia 4 de setembro, uma campanha de mobilização em seu site (www.funjor.org.br) e páginas em redes sociais (www.facebook.com/funjor) para que neste provável edital de venda conste a manutenção do auditório, estúdio de rádio teatro e do pouco mobiliário restante com a criação de um espaço integrado de preservação da memória da rádio no prédio (certamente, os americanos não deverão levar em consideração se não tiver no edital).

cel_2016set_-144Quem estiver conosco nessa causa, pode enviar e-mail para ouvidoria@ebc.com.br, compartilhar o texto desse manifesto ou postar fotos de momentos especiais da rádio com a hashtag #Nacionalnapracamaua

Nas comemorações pelos 80 anos da criação da Rádio Nacional o maior presente que podemos dar a cultura brasileira é a nossa nova luta por esse importante patrimônio histórico brasileiro.

JUNTO AO INSTITUTO FUNJOR JÁ ESTÃO INTEGRADAS OUTRAS INSTITUIÇÕES CULTURAIS COMO ANLA – ACADEMINA NACIONAL DE LETRAS E ARTES, CCM – CASA DO COMPOSITOR MUSICAL, ELLUS CLUB DE TERESÓPOLIS, R.S. CLUBE GINÁSTICO PORTUGUÊS, ACADEMIA TEROSOPOLITANA DE LETRAS, LIONS CLUBE DO RIO COMPRIDO, ENTRE OUTRAS ENTIDADES QUE A CADA DIA SE INTEGRAM EM PARCERIA COM A NOSSA ENTIDADE. NO EVENTO DO DIA 23 DE SETEMBRO, NO PROJETO JOVENS TARDES FUNJOR, FAREMOS MAIS UMA AÇÃO.

#Nacionalnapracamaua #Radionacional #80anosNacional #Presentedegregonos80anos #FUNJOR

—>

Matéria o Estado de São Paulo (11/set/2016)

http://brasil.estadao.com.br/noticias/rio-de-janeiro,simbolo-da-era-de-ouro-do-radio-esta-ameacado,10000075283

mat_estadao_11set206_luiz-murillo-tobias-funjor-radio-nacional


Matéria O GLOBO (09/set/2016)

http://oglobo.globo.com/rio/edificio-noite-na-praca-maua-sera-posto-venda-20076615?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.