You are browsing the archive for 2012 Julho.

FUNJOR lança novo projeto “Falando de Arte”

Julho 27, 2012 in Ações FUNJOR

A partir de hoje, a FUNJOR lança o projeto “FALANDO DE ARTE”. O objetivo é abrir espaço para crônicas, criticas e artigos sobre a arte brasileira. Quem desejar participar deve enviar foto e texto com título para contato@funjor.org.br

Abrindo a série, um texto de João Grand Jr.

 

 

 

 

Ontem,  fui ao cinema do Museu da República assistir Febre do Rato, o novo filme do polêmico e premiado diretor Cláudio Assis… Aquele mesmo de Amarelo Manga e Baixio das Bestas!

Minha impressão sobre o filme? Vamos lá…

Fotografia? Brilhante! Revela na simplicidade do preto e branco uma aquarela de possibilidades raramente explorada

Interpretações? Impecáveis! Daquelas que não se põe ou retira sequer uma vírgula

Com uma narrativa que flui através de belíssimos poemas que igualam o popular ao erudito e alternam, em sintonia fina, versos que exalam acidez, ao falar das injustiças, com versos de extrema delicadeza, ao falar de amor, amizade, sonhos e liberdade…

Como um cronista libertário, narra o cotidiano das pessoas que vivem nas periferias no Brasil (apesar de ambientado em Recife, o retrato é mais amplo); de pessoas que apesar das adversidades encontram espaço e tempo para criar, sonhar e ser feliz… O filme mostra assim a riqueza e a vida pulsante que percorre diariamente as vielas dessas periferias…

“Isto aqui, ô ô/ É um pouquinho de Brasil iá ia /Deste Brasil que canta e é feliz, /Feliz, feliz, É também um pouco de uma raça/ Que não tem medo de fumaça ai, ai/ E não se entrega não”

Com citações que remetem a importantes pensadores e artistas nordestinos, de Josué de Castro a Chico Science, o filme também é acompanhado por uma trilha sonora que valoriza a cultura regional.

Sem qualquer pudor, traço característico do diretor, Febre de Rato também questiona os padrões estéticos hegemônicos. Então se você é daqueles que só curtem o padrão Globo Filmes, cuidado, talvez Febre do Rato não seja um filme que te agrade.

Mas se você é daqueles que está de peito aberto para passear por diferentes universos da arte, mas não gostou de Amarelo Manga e, por isso, nem pensa em assistir Febre do Rato, fica então uma dica: também não gostei de Amarelo Manga, mas Febre do Rato entrou pra minha galeria dos melhores filmes que já assisti.

(João Grand Jr.)

Marion Duarte canta com Época de Ouro, na Rádio Nacional

Julho 27, 2012 in Ações FUNJOR

Hoje, saiu publicada em vários jornais (Extra, O Globo, O Dia e outros) a divulgação da apresentação da cantora e associada FUNJOR, Marion Duarte, com o conjunto Época de Ouro, no auditório da Rádio Nacional, dia 3 de agosto, às 17 horas.

A produção é do músico (e já agraciado com o ´Diploma Ademilde Fonseca de Mérito no Choro) Jorginho do Pandeiro. Direção musical de Celsinho Silva e apresentação de um dos grandes apoiadores da FUNJOR, o comunicador Cristiano Menezes.

A entrada é franca e todos os associados estão convidados.
Quem não puder ir, pode sintonizar 1130kHz AM.

Exposição “Domingo com Fé na Paisagem”

Julho 23, 2012 in Ações FUNJOR

O evento “Domingo com Fé na Paisagem” – exposição de telas e lançamento-desfile de camisetas cariocas da artista plástica Jussara Santos,  acontece neste próximo domingo, 29 de julho, das 16 horas às 19 horas, em Copacabana  (Rua Toneleros, 146). Curadoria de Cristina Hare e acessórios de Clayton Ramos.

Clayton Ramos é skatista, VJ operador de vídeo, técnico em eletrônica e trabalha em teatro e cinema, desde 2004. Seu interesse é na união da arte com a tecnologia. Participa, sábados e domingos, da Escola de skate do Gil, na Lagoa (RJ) executando montagens e exposições artísticas  e lecionando aulas de edição de vídeo.

Mais informações:
Jussara Santos (3258-4685 / 8137-1082 / 9345-4851)
www.calicotrio.com.br
www.mediasalento.eu/jussara
jussara@calicotrio.com.br

Edino Krieger será homenageado neste domingo, na Praça São Salvador

Julho 17, 2012 in Ações FUNJOR

O maestro Edino Krieger é o próximo homenageado do projeto ´Diploma Ademilde Fonseca de Mérito no Choro´ desenvolvido pela FUNJOR em parceria com a roda de choro ARRUMA O CORETO. O homenagem acontece neste domingo, 22 de julho, às 13 horas, na Praça São Salvador.

O choro começa às 11 horas e grandes nomes como Joel Nascimento, Silvério Pontes, Zé da Velha, Déo Rian, Odette H. Dias, Caçula, Voltaire, entre outros grandes nomes de importante contribuição ao choro.

COMO FOI O EVENTO
================= 


  

 

 

 

 

Em cartaz, o espetáculo “João e Alice em: a liga da justiça”

Julho 10, 2012 in Ações FUNJOR

Despertar o sonho da criança. É este o objetivo básico, simples, grandioso e muito bem realizado, que os competentes atores conseguem alcançar com quem assiste o espetáculo “João e Alice em:  a liga da justiça”.

Sonho idealizado um dia por qualquer criança: ser um super herói! A Liga da Justiça não quer contar a história de grandes super-heróis dos quadrinhos como Batman, Super Homem, Lanterna Verde, Mulher Maravilha ou Mulher Gavião, mesmo que isso pareça o óbvio a acontecer. Nem tão pouco a vingança do Coringa, maior inimigo do Homem Morcego, ou o surgimento do Flash.

Quem nunca desejou ter super poderes para salvar o mundo? O pequeno João percebe que o conhecimento que ele possuiu sobre o universo dos quadrinho lhe dá a maior tarefa de todas: guardar o segredo dos super heróis. Eis ai uma forma de salvar o mundo. Desta forma nenhum vilão, nem mesmo o Coringa, poderia conhecer as fragilidades dos heróis. Contudo, a astucia do vilão pode modificar este quadro.

Alice, faz muito bem o papel de irmã mais velha. Como toda irmã, usa racionalmente sua psicologia para tentar convencer o irmão de que heróis e, tampouco, super poderes existem. Os personagens femininos ainda aumentam a responsabilidade da trama através da Mulher Gavião. Ela passa a figurar como uma heroína difícil de se confiar. O que será que ela vai aprontar?

A particularidade da personalidade de cada personagem é exaltado no perfil representativo deles, dando um ar cômico a trama. As investidas do galanteador  Super Homem em cima da focada Mulher Maravilha contrapõe aos assédios da Mulher Gavião para junto ao Lanterna Verde. Este absorvido pelo desespero de ser constantemente comparado com o Hulk – em determinado momento até conferido como Robin pelo Coringa- e pela exclusão de ser o único herói que não possui um boneco.

Acha pouco os argumentos para ver a peça? Ainda falta mencionar o pequeno João. O verdadeiro herói da peça. Ele carrega toda a torcida para que o pequeno herói salve o mundo. A identificação das crianças com ele é imediata.Afinal, a atuação do pequeno ator não deixe a deseja e acompanha perfeitamente a experiência dos demais atores. Mas, os adultos não se preocupem. Nem mesmo o menor prodígio de talento que esteja perdido na plateia perderá a oportunidade de interagir com os atores.

O espetáculo está em cartaz, durante o mês de julho, no Teatro Vanucci, no Shopping Gávea, rua Marques de São Vicente- 52. Com texto e direção de Grazielle Menezes, a peça tem 50 minutos de duração.

(Douglas Lima)

´Arraiá du Rumão': um dia de animação, alegria e muito carinho

Julho 8, 2012 in Ações FUNJOR

A FUNJOR já participou de diversas ações de ajuda ao Educandário Romão Duarte e agora convoca os associados para o Arraiá do Rumão, a ser realizado no dia 14 de Julho (sábado).

Durante todo o período da tarde, a partir das 12 horas, todos poderão gratuitamente comparecer ao abrigo para alegrar a festa. Em meios a pratos típicos, barracas de brincadeira e atrações especiais, haverá grande confraternização entre funcionários, voluntários, amigos e nossas crianças.

Participando do Arraiá você estará contribuindo para a manutenção do espaço. Como toda entidade filantrópica, a Romão Duarte precisa de solidariedade. Por isso, a cada participação que fizer durante o evento, em barraquinhas, estarão ajudando diretamente no suporte para as crianças.

O Educandário Romão Duarte, localizado na Rua Paulo VI-60, próximo ao metrô do Flamengo, conta com mais de 100 crianças. Algumas comparecem semanalmente na creche – que ajuda as mães das comunidades locais. Outras, foram destituídas do poder familiar (provisoriamente ou parcialmente) e aguardam decisão judicial. O abrigo pertence à Santa Casa da Misericórdia que ajuda a cidade do Rio de Janeiro, em diversos setores, há mais de 400 anos. Hoje, a casa, está sob administração da Sra. Luciana Calaça, assistente social, pós-graduada em politicas públicas e especializada em adoção.

    (Douglas Lima)

Educandário Romão Duarte
Direção: Luciana Calaça
Rua Paulo VI- 60-Flamengo/RJ  (próximo ao Metrô Flamengo)
Mais informações: (21) 2558- 7961 ou 2205-8725
Assessoria voluntária:Douglas Lima (21)7561-4143
douglaslimajornalista@gmail.com
educandarioromaoduarte.blogspot.com

====================

Agradecemos a participação de todos e a festa foi um sucesso! 

Compartilhe a página da FUNJOR no Facebook e siga no Twitter

Julho 7, 2012 in Ações FUNJOR

 VOCÊ também pode ajudar a FUNJOR no seu trabalho de apoio aos profissionais da arte e preservação da memória artistitica brasileira.

Basta clicar no botão no canto direito da tela e CURTIR nossa página no Facebook – aberta para divulgação de ações culturais. Nos ajude também indicando esse site. Quanto mais divulgarmos e compartilharmos os textos da página, mais estaremos ajudando os artistas e produtores que nos procuram na promoção da arte brasileira.

Concurso Canta Brasil (2a. edição) abre inscrições

Julho 7, 2012 in Ações FUNJOR

Está de volta o concurso CANTA BRASIL, realizado pela Litteris Editora e com a parceria da FUNJOR. Abaixo, apresentamos o regulamento.


II Concurso de Letras de Música Canta Brasil

::.. Tema: O II Concurso de Letras de Música Canta Brasil, realizado pela Litteris Editora e com o apoio cultural da Fundação Sócio-Cultural José Ricardo (Funjor), visa incentivar e divulgar as criações dos novos e veteranos talentos da Música Popular Brasileira.

::.. Participantes: Podem concorrer autores de letras de Música Popular Brasileira inéditas ou não, gravadas ou publicadas. Tema: LIVRE.

::.. Quantidade de Obras: Cada participante poderá concorrer com até 2 (duas) letras de música, inéditas ou não, podendo até mesmo já terem sido gravadas ou publicadas, com até 60 linhas cada uma. As obras deverão ser enviadas em língua portuguesa.

::.. Inscrições: As inscrições estarão abertas até o dia 30 de julho de 2012 (vale como comprovante de envio o carimbo postal ou e-mail). As obras deverão ser enviadas digitadas em papel ofício em espaço 2, por uma das quatro formas: pelo formulário eletrônico;  / pelo e-mail concursos@litteris.com.br (caso você não consiga enviar pelo formulário acima) / para a sede da Editora, na Av. Presidente Vargas, 962/1411 – Centro – 20071-002- Rio de Janeiro – RJ (válido carimbo postal) / para a Caixa Postal 150 – 20001-970 – Rio de Janeiro – RJ (válido carimbo postal). Ao enviar suas obras por correio, envie junto o seu nome completo, pseudônimo, endereço de correspondência e telefone de contato.

::.. Premiações: 1º Lugar – A edição da obra premiada no livro Canta Brasil, 20 exemplares do livro, um exemplar do livro “John Lennon – Vida e Obra” (de Sergio Farias) e um exemplar do livro “O Homem que Venceu Getúlio Vargas” (de Paulo Sergio Valle), troféu e certificado. – 2º Lugar – A edição da obra premiada no livro Canta Brasil, 15 exemplares do livro, um exemplar do livro “John Lennon – Vida e Obra” (de Sergio Farias) e um exemplar do livro “O Homem que Venceu Getúlio Vargas” (de Paulo Sergio Valle), medalha e certificado. – 3º Lugar – A edição da obra premiada no livro Canta Brasil, 10 exemplares do livro, um exemplar do livro “John Lennon – Vida e Obra” (de Sergio Farias) e um exemplar do livro “O Homem que Venceu Getúlio Vargas” (de Paulo Sergio Valle), medalha e certificado.

Edição de Participação – Os autores classificados com Edição de Participação, poderão optar pela aquisição de exemplares através do sistema de cooperativismo, tendo suas obras editadas no livro Canta Brasil, além de um certificado.

::.. Comissão Julgadora: Paulo Sergio Valle, compositor de sucessos da MPB com mais de mil músicas gravadas, como: Se eu não te amasse tanto assim, Viola enluarada, Preciso aprender a ser só etc, gravadas por Roberto Carlos, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Elis Regina, Milton Nascimento, Marcos Valle, Ivete Sangalo, Alcione, além da música-tema de Natal da Rede Globo e da Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas (RJ). É autor de seis livros. – Ellen de Lima, Rainha dos Músicos e uma das inesquecíveis Cantoras do Rádio, com dezenas de discos lançados e show dentro e fora do país. – Julio Cesar Farias, mestre em Língua Portuguesa, jornalista e secretário-geral do Conselho de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, pesquisador da área de samba enredo e membro do Conselho do Instituto do Carnaval e do Centro de Memória do Carnaval da Liesa/RJ, além de autor de inúmeros livros de português e sobre samba enredo. – Johnny Soares, diretor de publicidade, ator, escritor e jurado de enredo do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro. – Sergio Farias, autor do livro John Lennon – vida e obra. No momento prepara a biografia do cantor Peter Tork. Escreveu durante muitos anos para sites de música. – Márcio Thadeu, cantor, autor dos Cds Negro Canto I e II, somente com composições afro-brasileiras, tendo feito shows no eixo Rio-São Paulo no Bar do Tom, Tom Jazz, Centro Cultural Cartola, entre outras. – Artur Rodrigues, autor, produtor e editor geral da Litteris Editora. É presidente do Conselho Cultural da Fundação Sócio-cultural José Ricardo (Funjor). É autor de oito livros.

::.. Compromisso: Os vencedores, desde já, declaram ser de sua autoria as obras concorrentes e classificadas, não constituindo plágio de nenhuma espécie, podendo responder juridicamente por este ato se tal concordância for falsa. Todos os participantes serão comunicados através de cartas até o dia 30 de agosto de 2012, acerca da classificação ou reprovação no concurso. O júri escolhido pela Editora para fazer a seleção das obras é soberano em seu resultado final.

::.. Outras informações: A Editora não se responsabiliza por obras extraviadas ou perdidas quando do seu envio. As obras que não estiverem de acordo com o regulamento serão desclassificadas. Os participantes inscritos concordam com todas as cláusulas deste regulamento.


O espetáculo ´Cinzas às Cinzas´ estreia neste sábado, no Rio

Julho 5, 2012 in Ações FUNJOR

CINZAS ÀS CINZAS

Estreia neste sábado, 7 de julho, às 21 horas, no Sesc Rio Casa da Gávea(Praça Santos Dumont, 116 – Gávea).
Fica em cartaz até 12 de agosto, nos horários de 21h (Sábados) e 20h (Domingos). 

Dramaturgia: Harold Pinter
Direção: Alessandra Lima
Com os atores: Naiumi Goldoni e Rafa Rodrigues
Cenário e Fotografia: Ana Paula Dan
Direção de Vídeos e Edição Catarse: Lyana Peck
Figurinos: Débora Accioly
Assistente de figurino: Julia Campagnani
Programação Visual: Jaqueline Sampin
Iluminação e Operação de Luz: David Israel
Operação de Som: Igor Moraes
Direção Musical: Bruno Boechat Roberty
Cenotécnico: José Antonio

 

Grupo da ONG ECOA encena ´Eles não Usam Black Tie´, no Grajaú

Julho 2, 2012 in Ações FUNJOR

A ONG ECOA ( Equipe cultural Olhos Abertos) apresenta no próximo dia 07 de julho o trabalho de conclusão de seus alunos de teatro. Com direção de Gabriel Barros, será encenado “Eles não usam Black Tie”, às 20 horas, no Teatro Dercy Gonçalves (Grajaú).

Joe Carvalho, uns dos atores da ONG, disse através do Facebook, que a apresentação está maravilhosa e cheia de adaptações musicais. Contudo, perguntado sobre o que esperar desta produção tantas vezes encenadas em palco por todo o Brasil, ele parafraseou seu diretor:

-Trabalhamos com um teatro vivo, enfatizou o jovem ator.

A ONG ECOA é um grupo de teatro social, fundada em 08 de julho de 2004, que utiliza o teatro como ferramenta de protagonismo social. Promover a diversidade cultural, formar plateias e a construção de atores-cidadãos são alguns dos objetivos da Organização.

Venda antecipada de ingressos por R$ 10,00. No dia do espetáculo o ingresso será vendido por R$20,00.

(Douglas Lima)